Atentado a casa de policial civil pode não ter relação com a função desempenhada por ele

219

Leonardo Filho – Equipe Pinga Fogo

O atentado ocorrido nesta quarta-feira, 6, na casa de um investigador da Polícia Civil de Maringá pode não ter relação com a função que ele desempenha. A afirmação foi feita pelo delegado Luiz Claudio Alves responsável pela investigação do crime.

Em entrevista ao Programa Pinga Fogo na TV, nesta quinta-feira, 7, o delegado relatou que essa possibilidade é praticamente descartada. A suspeita é de o crime tenha cunho passional, no entanto, a polícia espera prender o autor nas próximas horas para que o caso seja elucidado. Acompanhe a entrevista concedida ao repórter Corujão.