Após ação da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Maringá, que resultou na prisão de um casal envolvido com furtos de motocicletas na cidade, investigadores prenderam outras duas pessoas envolvidas com receptação das peças.

Em uma das ações, os policiais localizaram um comerciante do Jardim Alvorada em Maringá com algumas peças de motocicletas. Em uma outra operação, o funcionário de um lava jato acabou preso por envolvimento com a receptação das peças.

“O trabalho não vai parar. É lamentável para os proprietários encontrar as motocicletas nessa situação. Infelizmente, partes das motocicletas foram comercializadas”, comentou o delegado responsável pela DFRV de Maringá, Luiz Claudio Alves.

As peças apreendidas estão na delegacia a disposição dos donos das motocicletas. O casal e os receptadores permanecem presos em Maringá.